quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Concurso DXCB OT 2013



Atenção radioescutas e dexistas, o Conselho Executivo do DX Clube do Brasil tem uma importante informação a todos vocês:
Comemorando o aniversário do DXCB, no próximo dia 18 de outubro será promovido o "CONCURSO DXCB OT 2013", visando estimular a pesquisa e escuta de emissoras de Ondas Tropicais (OT), no espectro de freqüência compreendido entre 2310 e 5600 kHz.
O concurso é dirigido para radioescutas e dexistas, associados ou não do DX Clube do Brasil, que residam em qualquer cidade do território nacional. Para este concurso não serão aceitas participações de residentes em outros países.

O concurso iniciará às 21:00 hs da sexta-feira, dia 18 de outubro, tendo o seu final previsto para as 21:00 hs do domingo, dia 20 de outubro de 2013.

Todos os participantes receberão por e-mail um belo diploma de participação, independente de quantos registros tenham enviado para a organização do evento.

Os 3 participantes que alcançarem as melhores pontuações receberão os seguintes prêmios do DXCB:
1º colocado: 1 (uma) antena loop blindada para ondas curtas DXCB
2º colocado: 1 (um) amplificador indutivo de RF DXCB-V1
3º colocado: 1 (uma) assinatura anual do boletim “Atividade DX” (ou renovação caso o ganhador já seja assinante)

Preparem seus receptores, antenas e complementos que poderão ser utilizados para melhorar as condições de recepção dos sinais de OT.

As inscrições poderão ser feitas diretamente no site do DXCB clicando no menu "Atividades" e em "Inscrição em eventos" (ou clicando neste link aqui). No próprio formulário de inscrição há um link para acessar o Regulamento do concurso, leia atentamente e depois clique no box de confirmação para poder avançar com a sua inscrição.

mais em: http://www.ondascurtas.com/arquivo/noticias/174-abertas-as-incricoes-para-o-concurso-dxcb-ot-2013

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Bandscan em OT ondas tropicais - escuta móvel em Belo Horizonte



Bandscan usando antena pequena, uma dualband móvel UHF/VHF da Nagoya e o icom ic-r6,  dia 7/out/13 às 20horas UTC Belo Horizonte/MG.
Essa é minha companhia no trânsito em BH, faço escutas de todo tipo. um dia desses eu coloco a antena Steelbras de 5/8 pra 11m e farei melhores escutas em OT.

abraço

sábado, 5 de outubro de 2013

Sala Brasileira no echolink

Ouvi pela primeira vez a Sala Brasileira nos 147.570. 
Não conhecia echolink até então. Estava só corujando a faixa, quando o cara que trasmitia disse que estava na Ilha do Fundão. Pensei: "Opa, VHF de longe, QAP."(meu QHT é em Belo Horizonte/MG). Aí o pessoal começou a identificar os QTHs: São Paulo, Porto Alegre, Iparinga, Juazeiro!!!"  Não entendi bem, olhei na internet e descobri o tal do echolink e que essa conversa se chama Sala Brasileira que, por sinal, funciona com echolink.
Um dos radioamadores que conversou lá tem 103 anos! Eu adoro ouvir os mais velhos falando. 

olha o vídeo:

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Meu Shack - Antena dualband flexível

Antena Dual Band Flexível aftermarket


Frequência: 136-174 / 400-470/420-520Mhz
Potencia Máxima: 10W ( por enquanto, uso só pra receber)
Impedância: 50 OHM
Comprimento: 21cm
Conector: SMA-Macho
Peso: 16g

Eu gostei dela. levinha, conecta e recebe direitinho. 



Foto de anúncio:

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Adaptadores SMA-BNC

Tenho dois ataptadores SMA macho  --> BNC fêmea. Uso pra conectar antena ao icom ic-r6. O primeiro que tive, não tem muita qualidade. Ele fica com "jogo", meio solto, tanto no rádio, quanto na antena. É esse prateado na foto.


De tanto ficar solto na conexão SMA, o meu chegou a quebrar o pindo dentro do rádio (#$%!@!!), como pode ver nas fotos a seguir. Mesmo com o pino quebrado, basta enroscar no rádio que a coneção é feita.


Outro inconveniente é que ao apertar o adaptador no rádio, ele força um "o-ring" que tem no meio e simplesmente desmonta, soltando peça a reveria. A diferença entre firmar o adaptador e desmontar tudo é muito tênue. É a segunda peça que tenho, pois a primeira quebrou assim e eu perdi um pedaço.


Outro adaptador, o dourado da primeira foto, não tem balanço na conexão com o rádio, apenas uma folga com a anatena. Isso sugere que será mais difícil para o pino quebrar. Ele é aparentemente uma peça só, ou seja, não desmonta. Seguem algumas fotos:

Eu quero saber porquê que a coneção é SMA, ao invés de BNC, que é bem mais prática.

domingo, 29 de setembro de 2013

Meu Shack - Rádio Bell + Howell 9 faixas

Comprei por uma bagatela um radinho muito interessante. É um Bell + Howell com FM desde canais de TV, ondas médias e 7 faixas de ondas curtas. É incrível a recepção desse rádio em AM nas ondas médias. ele possui botão para selecionar DX ou Local, seletor de bandas, conector para fones e recarregador, funciona com 2 pilhas AA, controle de volume e sintonia. A antena telescópica tem seções pequenas, e não gira para os lados, apenas para cima e pra braixo. Tem alça de mão e um som bem alto no alto -falante imbutido. Ele cabe na mão e é bem construído. O plástico, apesar de estar manchado, não deteriorou nada, visto a idade do mesmo. A agulha do visor de sintonia é bem firme. O rádio em si tem muita qualidade.
Ainda não fiz um teste profundo nas ondas curtas com ele, mas reparei que sintoniza estações que eu não sintonizo com o icom ic-r6 + antena de fio e vice-versa. Legal isso!

para SW, so so. Para MW, outstanding!!!
fotos!!







sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Meu Shack - Cobra MicroTalk cxt235

Par de rádios tipo talkabout, da marca Cobra. Muita qualidade num equipamento bem leve. Vem com pilhas AAA recarregáveis e recarregador. Pequeno, possui backlight, clip pra cinto e botão LOCK, o que é muito útil, pois os botões são muito expostos. Na cidade fala limpo até uns 500m. Se estiver a 1,5Km, só ouve com squelch aberto, mas ouve bem. Ele possui scanner de frequências e de subtom. Aliás, fala numa infinidade de subtons.

Eu gosto, meu filho também gosta. A gente se diverte pra valer com os rádios.

Os pontos negativos são o ptt, que é muito duro e a duração das baterias originais. Usando com o meu filho num sítio, ou num evento, as pilhas duram pouco mais que uma tarde. Suficiente, caso o propósito não seja uso constante e o dia todo. A gente usa até bem, com som alto, papo furado e chamando pelo call. Não há informação no manual ou em qualquer outro lugar sobre quanto tempo a bateria deve recarregar, portanto, dou cargas de 5 horas.

No final das contas, eu recomendo!

Fo


Foto de propaganda:


tos:

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Antena de Fio Monopolo 40m (Na vertical!!!!!) - Recepção em LW e MW

-------->>>>>   Não tenho essa antena mais. Cortei pra fazer outras antenas. Publicarei o projeto mais tarde.


OK, ok, ok.... na verdade não é bem vertical pq ficou numa diagonal, mas é bem em pé!
Estiquei um fio de +-40m da janela do QTH doméstico, ao sexto andar, até o nível térreo, com o cateto horizontal de uns +- 20m, formando uma bela hipotenusa recebendo ondas eletromagnéticas longínquas. A posição da antena é muito boa, sendo no alto de Belo Horizonte/MG, virada para Nor-noroeste, com boa distância entre prédios, mas perta em demasia da uma ERB de celular.
Fiz um vídeo da performance desde 100Khz nas Ondas Longas até as Ondas Médias, nesse link: http://youtu.be/tRMWslwYZP8

Não vou contar detalhes da escuta pra deixar vocês perceberem e comentarem.
Grande Abraço! Ondas Curtas em breve.

QTH - Sion - Belo Horizonte/MG
0:50   3/ago/2013  UTC

Fotos da antena recolhida:




O carrinho é só pra fazer com que o fio fique mais controlável durante a descida e para que eu saiba quando a antena chegou no chão. Carriho preto, antena preta, eu estiquei na janela um negócio enorme e ninguém viu!



Não deixe de ver o vídeo da performance da antena: http://youtu.be/tRMWslwYZP8

Espectro de radio frequência

terça-feira, 30 de julho de 2013

Escuta aérea com aviões no radar

Foi grande minha alegria quando vi que funciona! No site da CVU-BH tem um link pra o Radar Aéreo, que posta ao vivo aonde os muitos dos aviões estão sobrevoando. Daí é só ligar o scanner na banda aérea e ficar corujando as manobras dos aviões e acompanhar o movimento pelo site. É muito bacana. Do Sion, em Belo Horizonte, dá pra ouvir tudo de BH e também corujar os aviões chegando em Brasília, mas ainda não peguei a Torre de lá falando. Acho até longe demais!
O interessante é que basta clicar no avião para ver suas informações na tela, inclusive tragetória.


Esses dados vem pela internet. Então, o próximo passo é comprar um receptor ADS-B para receber eu mesmo os dados de posição e tal diretamente dos aviões. É um equipamento bem pequeno e liga direto no computador:


Funciona dessa maneira:



Esse aí é o receptor utilizado por mim para a radioescuta da banda aérea: Icom ic-r6

sábado, 27 de julho de 2013

Meu Shack - PTT Amplificado Cobra HG - M75

Esse ptt é muito bom. ele capta o som de longe, tem volume de 0 a 10 e funciona com bateria 9v. Pra quem quer modulação e audio de primeira, esse é O PTT.
Pena que meu rádio atual não condiz com a qualidade do ptt (to com um cobra 19 ultra III)

Aqui vai o link de um Blog, do Grupo Independende de Rádio Operadores de Juiz de Fora, que adoro e o autor fala um pouco sobre o PTT. Esse cara, o Alemão, entende das coisas viu!
http://pxjf.blogspot.com.br/2013/02/microfone-cobra-hg-m75.html


HG M75- 4-pin Power Mike

Cobra 19 Ultra III

-------->>>>>   Não tenho mais. Vendi.


Não gosto. Tenho ele só porque é pequeno e cabe no console do carro, sem precisar instalar. O rádio é muito ruim. recepção ruim, áudio ruim, seletor ruim e corta a transmissão se modular por mais de um minuto. Levei no Odilon em Contagem/MG e ele disse que tá tudo certo com o rádio, se ele não me satisfaz, tem que trocar mesmo. Não vejo a hora de mudar pra uma casa e instalar minha estação da Faixa do Cidadão em base e comprar o sonhado Voyager 158. No momento, minha estação é apenas móvel por uma série de fatores. Uso com uma antena de 5/8 da Steelbras e já usei outros rádios no carro, como Cobra 19 plus prateado e Voyager 94M. Mesmo o 19 plus dá um banho grande no 19 ultra III. Ô radiozinho ruim, sô! Nem o PTT amplificado HG-M75 resolve...






ATUALIZAÇÃO:

Esse já foi, vendi.

Meu Shack - Polivox PR 1500-S

Bem, não é lá o mais reconhecido receptor de rádio, tá mais pra amplificador de disco, aux e tal, mas tem uma bela sensibilidade pra AM e FM. Eu curto bastante sintonizar ele, e ainda possui conexão pra antenas externas. Facilmente sintonizo todas as AM e FM de BH e sempre consigo sintonizar outras AM pela noite. O NBD da Pampulha parace que é emitido de dentro da minha casa quando ouço pelo rádio. Tenho que levar ele pra uma revisão, mas é por conta de mal contato no "balance". qualquer hora queima. Sonzão do bom! quando ouço vinil nele, treme tudo!
Instalei uma antena de loop pra OM. Ainda não fiz bons testes e não me decidi se ela é ou não melhor qua a antena interna do rádio.



A foto mostra bem a antena de loop que instalei e dá pra ver um pedaço da monopolo de 41m que uso no Icom ic-r6 (canto superior direito)

Meu Shack - Fone de ouvido Sony MDR-NC8

Um bom shack tem que ter um bom fone, ainda mais pra quem não mora sozinho. Meu filho costuma a dizer que eu sou doido por gostar de ouvir chiado em línguas que não entendo. heheheh
Bem, esse fone é muito bom. Possui cancelado de barulhos ativo, com pilha, que até funciona bem, mas não como o mais avançado da Sony nem o Bose. Mas tem um bom efeito e, se você não estiver pensando no barulho externo, realmente não repara nada. Se alguém conversar perto de você usando esse fone, não dá pra entender a conversa. A voz da pessoa fica muito baixa, lá longe. Com óculos não dá pra usar não porquê ele aperta as orelhas um bocado. Achei o cabo um tanto fino demais também, mas guardo com esmero e espero que dure muito. No final das contas sou satisfeito com o aparelho.



Essa foto de cima é minha, mas a da Sony estão melhores:

mdr-nc8
mdr-nc8
mdr-nc8

Meu shack - Icom ic-r6

Esse rádio / scanner dispensa apresentações. Eu gosto dele do meu lado diariamente. uso ele com antena VHF/UHF pra corujar banda aérea, radioamadores em VHF e UHF, Polícia, Taxi, CBTU, Ambulâncias, Serviços em geral, Talkabout, a faixa dos 220Mhz. Ainda espero pelo momento que ouvirei a ISS passando ou algo em microondas, que além de sinal de TV via satélite, acho que não peguei nada de interessante. Uso também com uma antena de 5/8 pra 11m no carro, desse modelo: Steelbras AP0190 para Aquela rádio-escuta em OC. Esse casal surpreende e me faz uma baita companhia no trânsito vespertino de Belo Horizonte. Outra antena que uso com ele é um fio de 41m ligado no vivo da antena, que fica com uns 3 metros finais esticados, uns 36m enrolados atrás de uns livros e mais uns 2 metros até o rádio. Além desse projeto de antena ser muito cru ainda, não tem terra. Essa antena capta muito sinal, mas tem ruído pra dedéu e o sinal oscila, ficando forte e fraco a todo instante como ondas (hehe SÃO ondas) que sobem e descem. Tal antena ainda vai ser muuuuito melhorada e vamos acompanhar por aqui em outros posts. O pequeno scanner ainda tem uma antena de bastão de ferrite interna pra OM ou pode usar o cabo do fone de ouvido pra isso. (essa antena interna não é das mais sensíveis não...)

Minha lamentação: Não tem SSB...
Maior alegria: Dias de escuta com apenas 2 pilhas. Dura muito mesmo.


Os detalhes desse rádio podem ser lidos em português no site do fabricante: Icom ic-r6
alguns detalhes:

General
Cobertura de frecuencia
Francia
0.100 - 1309.995* MHz
0.100–29.995, 50.2–51.2, 87.5–107.995,
144–146, 430–440, 1240–1300 MHz

ModoAM, FM, WFM

Requerimientos de batería2×R6 (AA) size Ni-MH or Alkaline cells
Fuente de alimentación externa4.5V C.C. nominal (4.5-6.3V con BC-196SA/SD, CP-18A/E)

Impedancia de antenna50Ω (SMA)

Conector para altavoz externo3-conductores 3.5 (d) mm (18″) /8Ω

Minhas fotos:




Tem vários vídeos com esse rádio na net, mas fiz um que achei muito interessante. Captei transmissão em 27,385 Mhz, 11m, pela manhã no Campus da UFMG com essa antena dualband UHF/VHF acima. veja o vídeo:


Se gostou do vídeo, vai lá no youtube e dá um joínha!

Meu Shack - Tv Rádio Ondas Curtas Cassete Silver

       Possuo como herança de família uma "televisãozinha" Silver (chamávamos assim). Ela acompanhou muito a família quando eu era moleque. Meu avô nos levava sempre pra Alcobaça/BA nas férias de Janeiro e, naquela época, energia eletríca lá funcionava de forma intermitente. Portanto, nada de tv ou rádios locais, mas sempre levávamos o aparelho. Pela noite, contemplávamos a lua sobre o mar, ouvindo o rádio alimentado com pilhas médias. Minha irmã também curtiu muito esse rádio na infância dela (ela é 6 anos mais velha que eu). Ela gravava o áudio do Balão Mágico e outros programas no K7 da televisãozinha e ouvia várias vezes depois.
        Segundo informações no próprio aparelho, a marca é Silver, TV - radio - cassete recorder
VHF-L / VHF-H / UHF / FM / MW / SW
AC / Dry Cell / Car battery

Nossinhora!! um trambolhão desse ligado dentro do carro... bons tempos!

Tem antena de ferrite interna (já vi)
antena telescopica - Não é original. Esta quebrou e não achei idêntica, mas instalei um paliativo.
Conexão para antena externa de UHF e VHF. Seletor de ant. int. ou ext.
Luz de painel
Controles de Imagem
Controle de Volume e Tom
Seletores analógicos pra tudo, com logs de canais.
VU meter de 4 vias -> VU/rec level, tune, batt
Microfone embutido
Contador da fita k7
Alça
Coneções para:
  -Microfone
  -Controle remoto (de cabo)
  -Aux In
  -Tape out
  -Ext. Spk. 4-8 Ohms
  -Beat Channel - 1 ou 2 (Eu não sei o que é isso. se alguém souber, me avisa!

Ou seja, difícil arrumar um equipamento multimídia tão completo hoje em dia. O que eu acho mais bacana nele é que é claramente construído pra operação fixa, móvel e principalmente portátil, sem problemas.


Não se iluda com a qualidade da foto. Apesar de preto e branca, a imagem é ótima!



VU meter no talo recebendo FM em Belo Horizonte/MG





Só depois que mudei a alça de posição reparei que faltam parafusos. providenciarei!, assim como uma boa limpeza.


Vixe, e essa tinta vermelha? As marcas de uso na parte de cima são provenientes da "embalagem" do rádio em sacos de limpar chão pra poder viajar sem problemas do porta-malas do antigo Voyage.


Antena paliativa em destaque e o adesivo de uma manutenção que ela deve ter recebido sei lá quando, e tmb não sei o porquê. Mas tem tempo viu! estamos em 2013 e o telefone indicado no adesivo tem apenas 7 dígitos. Isso em BH é coisa pra mais de 20 anos!

Depois que a bateria da câmera recarregar, eu faço um vídeo e posto.

Esse rádio é da minha irmã e eu tirei a poeira dele esses dias. Até então havia muitos anos que ele só enfeitava. Vou deixar o rádio um brinco, que é só limpeza mesmo e encontrar uma antena mais parecida com a original e levar pra ela. Funciona tudo, sem exceção!